Por que aprender
Japonês?

Estima-se que o número de falantes da língua japonesa seja em torno de 127 milhões de pessoas, pois além do Japão também é falada na Coreia, Taiwan, partes da China e várias ilhas do Pacífico e em outros lugares do mundo onde se encontram comunidades de imigrantes e descendentes de japoneses (conhecidos como nikkei日系 descendentes de japoneses”). A maior dessas comunidades fora do Japão encontra-se no Brasil, seguida pelos Estados Unidos (notavelmente na Califórnia e no Havaí) e China.  Estima-se que cerca de 4 milhões de não japoneses estejam estudando a língua.

 

O Japão também é muito popular por sua rica cultura milenar, culinária muito apreciada por brasileiros e claro seus pontos turísticos que variam de uma beleza natural espetacular, a monumentos orientais históricos até a agitada e moderna Tokyo. Expressivo também é sua contribuição no avanço tecnológico do mundo, especialmente nos meios de comunicação.

No curso de Japonês (Nihongo 日本語) da Best Idiomas, para que os alunos possam ter a fluência já nas primeiras aulas e praticar a conversação, a Best Idiomas utiliza a linguagem em Romaji (forma ocidental de ler e escrever) no início do curso. Abrangendo aspectos da cultura e correlacionando os conteúdos aos Mangas e Animes. Já no primeiro ano são ensinados os silabários japoneses ("alfabetos"): Hiragana (utilizados para palavras de origem japonesa) e o Katakana (utilizados para palavras importadas de um idioma estrangeiro). E ao longo de todo o curso são introduzidos novos Kanjis (caractéres chineses/japoneses,  que representam palavras ou expressões).